Ouvidoria como Ferramenta de Melhoria de Processos

Ouvidoria como Ferramenta de Melhoria de Processos

Ouvidoria como Ferramenta de Melhoria de Processos

Ouvidoria como Ferramenta de Melhoria de Processos

A comunicação, instrumento indispensável em qualquer processo, encontra barreiras tão grandes em algumas gestões que, em diversas situações, só percebemos traços de comunicação manifestados através dos boatos, ou seja, a famosa Rádio Corredor, que tende a prejudicar a imagem da corporação frente aos colaboradores, que só têm como alternativa tirar as suas próprias conclusões, gerando descrédito para a empresa.

Foi pensando em explicitar a importância da Comunicação Interna que separamos alguns atributos que deixam clara a necessidade dessa ferramenta. Vejamos:

Ouvidoria como Ferramenta de Melhoria de Processos: como fazer?

  • É elemento essencial para as corporações, que devem investir em comunicação objetivando ganho financeiro e aumento de produtividade;
  • Quando deixada de lado ou feita de forma amadora, gera desmotivação entre o público interno, falta de comprometimento, ruídos e muita insegurança;
  • Se realizada de forma satisfatória, a possibilidade do alcance dos objetivos previamente determinados aumenta absurdamente;
  • À medida que o público interno encontra subsídios na comunicação da empresa, a sinergia aumenta e eles se tornam mais envolvidos com os objetivos da corporação. Isso gera uma relação estável entre as partes.
  • Uma boa comunicação não é importante apenas para as grandes empresas. Isso significa que independente do orçamento que se tenha disponível, os objetivos podem ser alcançados se todos os envolvidos se sentirem motivados;
  • Uma boa comunicação interna transforma os colaboradores em defensores da empresa, proporcionando um marketing gratuito para a organização;
Viu como não é algo de outro mundo, mas é essencial para a saúde de uma empresa?

Independente do tamanho da organização, a Comunicação Interna deve sempre receber atenção especial, pois é através dela que muitos problemas são resolvidos e algumas lacunas são compensadas com a satisfação do colaborador em fazer parte do desenvolvimento de um projeto.

Por fim, não podemos esquecer que uma empresa vive de projetos e ações, e todos eles se iniciam pela comunicação, seja entre seus gestores, seja entre estes e os colaboradores. Por isso, prejudicar essa via é jogar com a possibilidade de perdas financeiras e clima organizacional instável.

Não deixe para o estagiário do RH a função de gerir a comunicação. Invista em profissionais especializados e tenha a certeza de que o primeiro passo para o sucesso foi dado.

Print Friendly